Ricthie Blackmore tocando uma Fender Stratocaster em 2018

Em uma entrevista recentemente publicada no YouTube, Ritchie Blackmore falou sobre seus sucessores no Deep Purple, Joe Satriani e Steve Morse. O músico elogiou os colegas, mas não deixou de fazer críticas sinceras.

Polidez excessiva

“Joe Satriani é um guitarrista brilhante, mas eu nunca o vejo buscando notas. Nunca o ouço tocar uma nota errada. Jimi Hendrix costumava tocar muitas notas erradas porque estava buscando o tempo todo. Quando ele encontrava a nota certa, uau, era incrível”.

Para Blackmore, a abordagem de Satriani chega a incomodar. “Ele é um guitarrista muito polido, quase polido demais. As pessoas são diferentes, mas isso me preocupa às vezes. Os guitarristas me parecem meio chatos… Eu me acho chato. Se você está sempre tocando as notas corretas, há algo errado, pois você não está procurando por nada. Mas isso não quer dizer que Satriani não seja um instrumentista brilhante”, afirma Blackmore.

Música para músicos?

Mover o coração das pessoas – esse é o grande objetivo de Blackmore como artista. “Pessoalmente, não estou interessado em impressionar outros músicos. Para mim, é mais inspirador mover alguém que não sabe nada sobre música. Eles dizem: ‘eu não sei o que você está fazendo, mas eu sinto algo’. Isso é um elogio incrível, ao contrário de: ‘bem, você acabou de subir e descer a escala. Isso é maravilhoso, muito rápido’”, revela Blackmore.

“Certas pessoas tocam com o coração e outras pessoas tocam com a cabeça. Eu prefiro os primeiros, com um toque blues, como Jeff Healey e John Mayer”, completa.

Sobre Steve Morse

Segundo Blackmore, Steve Morse também é um guitarrista incrível. “Fico feliz que o Deep Purple tenha encontrado um guitarrista, porque eu pensei que estaria algemado à banda pelo resto da minha vida. Me lembro do Steve Morse com o Dixie Dregs, ele é fantástico”, finaliza o músico, que recentemente declarou que gostaria de fazer um show final com o Deep Purple.

Acompanhe as novidades do Deep Purple pelo site oficial da banda.