Dave Mustaine dando entrevista

Líder do Megadeth, Dave Mustaine foi recentemente perguntado em uma entrevista se é difícil pensar fora da caixa quando se trabalha com músicas novas depois de tantos anos de estrada. O artista fez uma analogia interessante para esclarecer a questão.

“É como dizer: ‘pense em uma nova cor’. Você pode? Que tal: ‘explique um orgasmo a uma virgem’. Ou diga-me: ‘como é a cor azul para alguém que é cego?’. Você não pode fazer isso, não é? Sim, você pode, porque, quando eles ensinam as pessoas cegas, dizem a eles: ‘essa é a cor azul’, e eles colocam suas mãos na água. E eles mostram a cor branca dando-lhes um pedaço de algodão. ‘Esta é a cor preta’, e eles deixam os cegos segurarem uma pedra”, diz Mustaine à equipe da Kaaos TV.

Não deixe de ler: Dave Mustaine diz que Kiko Loureiro é o melhor guitarrista com quem já tocou

Sobre as letras do Megadeth

“Portanto, há maneiras de contornar essa questão. Você pode levar o ouvinte a fazer uma viagem maravilhosa com você experimentando todas essas coisas. Mas você precisa se preocupar o suficiente para ajudar o ouvinte do ponto A ao ponto B. Nem todo mundo sabe como você chegou do ponto A ao ponto B”.

“Então, às vezes, você tem de contar a história duas vezes. Às vezes, você tem de contar a história de forma um pouco mais simples também. Então não nos importamos com isso quando estamos escrevendo músicas liricamente, porque as letras nunca foram realmente o destaque do Megadeth. Sempre foi a música”, finaliza o artista.

Quer ficar por dentro das novidades sobre o Megadeth? Então acesse o site oficial da banda.