Andreas Kisser posando para foto

O guitarrista do Sepultura, Andreas Kisser, confirmou que a banda está trabalhando em um novo álbum de estúdio.

“Eu, Eloy [Casagrande, bateria], Derrick [Green, vocal] e Paulo [Xisto Pinto Jr., baixo] já temos algumas ideias, então temos de onde começar. Algumas músicas estão na versão demo, então ainda temos de desenvolvê-las e coisas assim”, diz.

Buscando o caminho

“Ainda não temos um tipo de direção, ou um tema, ou algo assim, mas estamos chegando lá. Nós ainda gostamos de curtir muito a estrada, e não temos o costume de compor muito enquanto estamos em turnê. Sim, está acontecendo, mas ainda é cedo”, afirma o guitarrista à equipe da Total Rock Radio durante recente entrevista.

O Sepultura lançou seu 14º álbum de estúdio, Machine Messiah, em janeiro de 2017. Em seguida, você pode conferir o single “Phantom Self”:

Leia também: Oito anos depois, acabam as gravações do documentário do Sepultura

Gravadora parceira

Kisser também discutiu o relacionamento da banda com a Nuclear Blast Records, com quem eles trabalham há quase uma década.

“É incrível, cara. Eles são um selo de metal, e há pessoas que estão na cena desde o começo, desde os primeiros dias. É um selo que nunca se esgotou. Muitas outras gravadoras foram vendidas para grandes empresas e selos maiores… A equipe é mudada, pensam mais no lado do negócio”, comenta Kisser.

O guitarrista acredita que a Nuclear Blast tem um equilíbrio perfeito entre acreditar na música e ter um negócio sustentável.

“Veja quantos artistas estão agora com a gravadora, isso é ótimo. É um grande lugar para se estar. Temos total liberdade e apoio para fazer nossas coisas e trabalhar com os produtores que queremos, além de poder escolher artistas para as capas dos discos e tal. Eles são muito favoráveis e acreditam na banda, que é tudo o que precisamos. É ótimo”.

Acompanhe as novidades do Sepultura por meio do site da banda.